sexta-feira, abril 21, 2006

Lisboa

Os pequenos lugares, os mais humildes, tornam-se significativos e criam uma geografia sentimental que cobra uma importância da que só somos conscientes ao pensar neles desde a distância. São semelhantes aos gestos que surpreendemos nos amantes e que identificamos com o mais autêntico da sua personalidade.

No fim, pertences a esse local tanto como ao que te viu nascer, ou àquele onde a vida te obligou a viver.

Etiquetas: ,

|

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

adopta tu também uma mascote virtual!