sexta-feira, novembro 25, 2005

Para viver hoje

A ninguém devemos estar mais agradecidos que a quem, numa época tão desumana como a nossa, reforça o que há de humano em nós, a quem nos exorta a não malbaratar o singular e inalienável que possuímos, o nosso "eu" mais íntimo. Pois só quem se mantém livre frente a tudo e frente a todos aumenta e preserva a liberdade do mundo.

STEFAN ZWEIG. “El legado de Europa”.

Etiquetas: ,

|

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

adopta tu também uma mascote virtual!