terça-feira, novembro 22, 2005

Será certo? Uma nova Ólisbos?

Ah! Se alguém pudesse confirmar esta nova! Que saudade! Que recordações! O nosso tolo passado que volta para sacudir-nos a dormida conciência.

Saibam todos: eu fiz parte da Ólisbos original, há já mil séculos.

Eram outros tempos... ou é a maldita nostalgia mordendo outra volta na conciência? Onde estão hoje os velhos amigos de então?

Tenho na mente os versos do príncipe al-Walid, quem aguardou a sucessão ao califato de Damasco no palácio de Jirbat al-Mafyar no meio de luxos e prazeres que o fizeram merecedor do epíteto de "o devasso":

"Outro copo! Outro gole! Do vinho de Isfahan!
Do vinho do velho Kisra, do vinho de Qayrawan!
Há uma fragrância no copo, ou nas mãos de quem a serve,
Ou é só o rasto deixado pelo almíscar ao encher as jarras?
Uma coroa, uma grinalda para a minha cabeça!
Aquí está a corda para que me desates e aquí tens a cadeia para atar-me!
A Primavera está só no copo que se sustém com as gemas dos dedos.
E agora o ardor do copo ascende desde os meus pés aos meus beiços!"

Etiquetas:

|

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

adopta tu também uma mascote virtual!