quarta-feira, janeiro 25, 2006

Depressão

Tão contento, envio a um amigo a anterior entrada de Polvo à feira, pensando que o tema havia interessar-lhe e recebo isto a modo de contestação:

"Lo de escribir en esa especie de portugués me parecede un esnobismo insultante. ¿Por qué no pruebas con el esperanto de una vez? Espero que no te importe que te conteste en castellano.

Un abrazo".

Penso que há que aclarar que o meu amigo, ainda que sinta um ódio irracional misturado com uma influência da direita mais retrógrada, é galego. Tenho tentado muitas vezes em falar com ele do tema, tratar de analisar o por que desse sentimento de desprezo por algo que nem sequer entende. Mas já não. Como professor o primeiro que aprendi é que quem não quer apreender ou entender algo não o fará jamais. Assim que armo-me de paciência e replico-lhe, por suposto em castelhano, para que entenda:

"¿Especie de portugués? Te puedo asegurar que es portugués 100% auténtico y tan bueno como somos capaces de usarlo yo y el diccionario electrónico que me corrige los errores léxicos y sintácticos. ¿Cuál es el problema? ¿Que no escribo en inglés? Creía que entenderías mejor el portugués...

Besos"


Assim nunca chegaremos a nada.

Etiquetas: , ,

|

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

adopta tu também uma mascote virtual!